Cultura espanhola apresenta-se em Portugal até dezembro

A cultura espanhola vai estar em destaque em Portugal até dezembro deste ano, com mais uma edição da bienal Mostra Espanha 2011. As atividades são diversas como o IV Ciclo de Cinema espanhol, exposições, encontros e artes cénicas, num total de cerca de 30 eventos.

Segundo o Embaixador de Espanha em Portugal afirmou no encontro com a imprensa de apresentação da Mostra, “Um dos principais objetivos da iniciativa é mostrar que a cultura é algo produtivo e não um gasto de dinheiro.”

 O destaque desta edição vai para a exposição Rostos de Roma, que decorre nos Jerónimos e a exposição Corpo de Dor, no Museu de Arte Antiga, nas Janelas Verdes, que marca o início do intercâmbio com o Museu Arqueológico Nacional de Espanha.

Entre os concertos o destaque vai para o concerto de Luis Pastor com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, o concerto de José Luís Greco – Ida/Volta no Teatro Municipal São Luiz, e em Coimbra, no Teatro Académico Gil Vicente – As Cantigas em Galaico-Português.

Outra das novidades desta edição é a extensão da Mostra ao Porto, Coimbra, Almada e Palmela. No Porto destaca-se a DOMUSae – Espaços para a Cultura, no Museu Nacional Soares dos Reis, Fundação de Serralves, o Castelo de Palmela, entre outros locais.

Esta programação tem também como objetivo o diálogo direto entre os próprios criadores, segundo afirmou Santos Castro- diretor da mostra, aquando da apresentação à imprensa, que realçou ainda o crescente interesse e curiosidade pela cultura ibero-americana, na Europa de Leste e Central, para o qual esta mostra tem um papel relevante na interatividade dos dois países.

A Mostra Espanha 2011 é uma iniciativa do Ministério da Cultura espanhola, e conta com o apoio da Embaixada de Espanha em Portugal, da Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação de Serralves. O Instituto Cervantes junta-se também à iniciativa com a realização de diversos eventos.

Por Elsa Furtado e Clara Inácio

 

 

 

 

Deixar uma resposta