Corvos deram concerto emocionante de homenagem a U2

Reportagem de Cristina Alves (texto) e António Martins (fotos)

 

Os portugueses Corvos voltaram este sábado a interpretar temas dos U2, desta vez no auditório da Malaposta. Depois de terem percorrido o país com a digressão Corvos Visitam U2, a banda prestou assim, mais uma vez, homenagem ao grupo irlandês do qual se confessam fãs. O C&H assistiu ao espectáculo e deixa aqui todos os pormenores.

Para além do tributo, este concerto serviu também para assinalar o Dia Internacional da Música, o que se revelou a junção perfeita, já que nada melhor para celebrar esta data do que um espectáculo que é pura música.

As músicas da banda irlandesa foram assim apanhadas e trabalhadas de uma forma irrepreensível, ao som de dois violinos (Pedro Teixeira da Silva e Tiago Flores), de uma violeta (Luís Santos), de um violoncelo (Cláudio Nunes) e de uma bateria (Pedro Silva), que contibuiu para dar ainda mais força aos temas. As adaptações foram de tal forma bem conseguidas que por vezes até dáva a sensação de se ouvir a voz do Bono, o que contribuiu para tornar o espectáculo ainda mais emotivo.

 

Todo o espectáculo foi também acompanhado por vídeos: durante os temas dos respectivos videoclips, com alguns efeitos à mistura, e nos intervalos das músicas eram exibidos pequenos excertos de entrevistas e declarações dos membros dos U2.

A passagem da música da banda de Bono Vox para o mundo das cordas passou pela recriação de clássicos como “With or without you”, “Sunday Bloody Sunday” e “Pride (In The Name Of Love)”, temas que em breve poderão ser ouvidos num CD a ser gravado pela banda.

Os fãs dos Corvos poderão vê-los em breve no CCB, num concerto comemorativo dos 13 anos de existência do grupo. No dia 31 de Outubro celebra-se o aniversário de uma das bandas mais carismáticas da música portuguesa, que durante os últimos 13 anos têm revisitado o repertório do rock nacional e internacional. Na bagagem este grupo já leva cinco álbuns gravados (estando o sexto a ser produzido agora). Um concerto comemorativo que vai ter alguns convidados e surpresas.

 

Deixar uma resposta