Coreografia explora o inconsciente no Maria Matos

You Never Know How Things are Going to Come Together é o novo espectáculo que o Maria Matos e a Tok’Art têm em cena até ao próximo dia 11 na Sala Principal do Teatro. Teresa Alves da Silva, Sylvia Rijmer, Filipa Peraltinha, São Castro, Guzmán Rosado e Marco Ferreira são os seis bailarinos que dão vida a esta coreografia.

Esta é a segunda peça de dança de André Mesquita, inspirada no livro de David Brooks, o Animal Social. Trata-se de uma co-produção do Teatro Maria Matos com a Tok´Art, que desvenda novas perspectivas do inconsciente.

A Tok’Art foi fundada por André Mesquita e Teresa Alves da Silva, em 2006, com o objetivo de criar um espaço de partilha entre pensadores, criadores, produtores, intérpretes e público.

O espetáculo pode ser visto na Sala Principal do Maria Matos até 11 de fevereiro, de quinta-feira a sábado, às 21h30, e aos domingos às 18h00. Os bilhetes variam entre os 6 e 12 euros.

Ainda em fevereiro o espetáculo vai para a estrada e rumará ao Norte, onde se irá apresentar no Teatro Municipal da Guarda a 24 fevereiro, seguindo depois para Viseu, onde estará em cena no Teatro Viriato, dia 25 fevereiro.

 

Texto de Cristina Alves e Sara Santos

Fotos de Sara Santos

Deixar uma resposta