Coração Independente de Joana Vasconcelos patente nos Paços do Concelho de Lisboa

Reportagem de Tânia Fernandes
coracaoJV_01Coração Independente, a obra de Joana Vasconcelos feita com talheres de plástico translúcido, está a partir de hoje em exposição nos Paços do Concelho de Lisboa.

António Costa, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, inaugurou hoje a mostra, ativando o sistema da instalação que cria movimento e faz soar o som do Fado. A peça, que integra a coleção pessoal de Joana Vasconcelos, foi emprestada à autarquia e estará patente nos Paços do Concelho como uma forma de homenagem ao Fado, Património Imaterial da Humanidade.

A instalação permite fazer ouvir três fados interpretados por Ama?lia Rodrigues: “Estranha Forma de Vida” (Alfredo Rodrigo Duarte/Ama?lia Rodrigues), “Maldição” (Joaquim Campos da Silva/Armando Vieira Pinto) e “Gaivota” (Alain Oulman/Alexandre O’Neill).

Coração Independente faz parte de uma série de outros corações criados pela artista (vermelho, preto e dourado). Joana Vasconcelos teve, nas últimas semanas, os “seus corações” expostos em três cidades europeias simultaneamente: Londres, Florença e Lisboa.

 

Deixar uma resposta