Amália, “Coração Independente” – o CD da homenagem

Coração Independente foi o nome escolhido para a colectânea editada agora, por ocasião dos 10 anos passados sobre a morte da fadista Amália Rodrigues, numa edição da responsabilidade de David Ferreira,  e com o selo da Iplay, numa edição exclusiva da FNAC.Amalia_coração_300_duplo_sticker

Ao todo são 35 temas, escolhidos entre os fados mais conhecidos e menos conhecidos da artista, e cinco temas cantados em língua estrangeira, todos eles restaurados a partir do original, remasterizados e alinhados cuidadosamente em dois cds.

Os álbuns são acompanhados por um booklet em português, inglês, espanhol e francês, que explica a escolha dos temas e o seu alinhamento, da autoria de David Ferreira e José Manuel dos Santos, que fala aqui sobre a sua relação com a artista.

O álbum inclui os temas “Gaivota”, “Fado Português”, “Maria Lisboa”, “Ai Mouraria”, “Barco Negro (mono)”,” Aie, Mourir Pour Toi”, “Foi Deus”, “Uma Casa Portuguesa”, ” Amália”, “Povo Que Lavas No Rio”, “Estranha Forma De Vida”, “É Ou Não É?”, “Fado Malhoa”, “The Nearness Of You”, “Canzone Per Te”, entre outros.

O álbum está já à venda, na mesma altura em que a exposição “Amália Coração Independente” está patente ao público no Museu Colecção Berardo – CCB e no Museu da Electricidade – Central Tejo, ambos em Belém, até Janeiro de 2010, com entrada gratuita.

Sobre este trabalho, escreveu o seu responsável:

“Passaram dez anos e cada vez gosto mais dela. Vivi angustiado para fazer a melhor de todas as suas compilações. Ouvi e reouvi. As inevitáveis e as melhores surpresas. Arranjei bom conselho. E encontrei na remasterização o Jorge Cervantes, grande músico e técnico extraordinário, que tratou as velhas fitas como ninguém o tinha feito. Dá ainda mais gosto ouvir assim. A Amália. Que continua sempre por descobrir.”

David Ferreira, Setembro de 2009

Veja aqui outros artigos relacionados:

“Amália Coração Independente”, primeiro acto – Central Tejo

“Amália Coração Independente”, segundo acto – Museu Colecção Berardo

Exposição “Amália no Mundo – O Mundo de Amália” patente no Panteão Nacional

“Amália 2009″ – tertúlias no São Luiz falam sobre o outro lado da fadista

“Amália 2009″ – actividades no Museu do Fado

Amália recordada com a colecção “Amália Sempre”

Deixar uma resposta