Companhia Nacional de Bailado apresenta a Bela Adormecida

A Companhia Nacional de Bailado apresenta A Bela Adormecida com a Orquestra Sinfónica Portuguesa, com a direcção musical de Boris Gruzin.

A Bela Adormecida é um conto de fadas desenhado a partir duma cadeia de consecutivas inspirações. O texto mais conhecido é o dos irmãos Grimm, publicado em 1812, que terá por base a versão de 1697, do escritor francês Charles Perrault, retirada do livro Contos da Mãe Ganso. Mas é a um conto do italiano Giambattista Basile que o escritor francês terá ido recolher o mote. A primeira versão para bailado, encomendada ao compositor Tchaikovski e com coreografia de Petipa estreou em Janeiro de 1890, no Teatro Marinski em São Petersburgo. É a versão de Perrault a seguida por Tchaikovski.
Em 1998 a CNB estreou A Bela Adormecida sob a responsabilidade do coreógrafo holandês Ted Brandsen. É a ela que se regressa, numa versão revisitada pelo próprio autor.
A Bela Adormecida no  Teatro Camões, com sessões a 30 de Novembro, às 21h00 e a 7, 13, 14 e 15 de Dezembro, às 21h00. As famílias tem reservadas as sessões de 2, 9 e 16 às 16h00 de Dezembro e as Escolas, nos dias 5 e 12 de Dezembro, às 15h00. Os bilhetes variam entre os 5 euros e os 35 euros. Os menores 18 de anos têm 50%, os menores de 25 e maiores de 65 anos 35%; Grupos com mais de 15 elementos 25%; Desempregados 25%. Os Profissionais de espetáculo pagam 5 euros (preço válido para plateia D). Para as Tardes Família os Adultos com jovens pagam 15 euros e os menores 18 anos, 7,5 euros. As escolas pagam 5 euros por aluno.
Texto de Clara Inácio

 

 

Deixar uma resposta