Começa hoje a 16.ª Mostra de Teatro de Almada

A 16ª Mostra de Teatro de Almada começa hoje e prolonga-se até ao dia 24 de novembro em vários espaços do concelho. Organizada anualmente pela Câmara Municipal de Almada, em parceria com os grupos teatrais participantes, vai apresentar este ano cerca de vinte espetáculos entre os quais algumas estreias, envolvendo as várias companhias e grupos de teatro amadores e profissionais do concelho.

De 9 a 24 de novembro os espetadores poderão assistir a trabalhos do GITT – Grupo de Iniciação Teatral da Trafaria que celebra quarenta anos e que abre esta mostra hoje a partir das 21h30 nos Recreios Desportivos da Trafaria, com uma exposição sobre o grupo, com a atuação da Banda da Sociedade Recreativa Musical Trafariense e com uma conversa com o encenador Carlos Alfredo Amaral, antes da representação da peça Origens.

O grupo Produções Acidentais levará ao palco do Auditório Fernando Lopes-Graça a peça de teatro Pregões, no dia 10 de novembro às 16h00; no mesmo dia às 21h30 À espera de ser chamado e Ressonar sem dormir do Cénico da Incrível Almadense em cena no Salão de Festas da Sociedade Filarmónica Incrível Almadense. No dia 15 às 21h30 Pregação pela Arte e Engenhos – Associação Cultural no Auditório Fernando-Lopes Graça; no dia 24 às 11h00 A Menina dos Meus Olhos – Associação Cultural apresenta Notocorda de Marina Nabais a partir de Ouriço do Mar dos Irmãos Grimm, na Biblioteca José Saramago.

Esta mostra prevê também algumas atividades complementares como por exemplo, no dia 23 de novembro às 23h00, na Casa Municipal da Juventude de Cacilhas (Ponto de Encontro) um espetáculo multidisciplinar (vídeo,música e poesia) para maiores de 12 anos, Zukunft Zuk in an Ambiental Live Act, entre outras atividades nomeadamente workshops de voz, dicção e poesia.

Os bilhetes estão à venda nos locais dos espetáculos e têm o preço de 5 euros, existindo bilhetes para grupos a partir de quatro pessoas com o preço de 3,50 euros. Os jovens com idade inferior a trinta anos e as pessoas com idade superior a sessenta e cinco anos também pagam 3,50 euros.

Poder-se-á consultar toda a informação sobre a programação e outras atividades no blog da Mostra.

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta