Civilização romana revivida em Miróbriga através do teatro

Miróbriga, em Santiago do Cacém, revive este sábado os tempos da civilização romana, através da representação da comédia A Sogra, que embora escrita por Terêncio há mais de dois mil anos atrás, continua a abordar uma temática atual.

O conflito entre sogras e noras, a incompreensão, o peso das convenções sociais, o autoritarismo e a ingratidão estão reflectidas na história que explora e reflecte sobre a natureza humana no seu íntimo.

Em palco, a dar vida às personagens romanas, vão estar nove actores, com encenação de José Luís Brandão,  numa iniciativa promovida em conjunto pela Liga de Amigos do Sítio Arqueológico de Miróbriga (LASAM) e pela Associação Cultural Thíasos.

Fazer das ruínas de Miróbriga, desabitadas há cerca de 1600 anos, um palco para teatro foi uma das formas encontradas pela LASAM para promover o sítio arqueológico como “local aberto e vivo, de constante descoberta da História, do Homem e das Artes, num lugar de encontro e convívio que une no mesmo fio condutor o passado, o presente e o futuro”, explica a Liga em comunicado.

O espetáculo está agendado para sábado, pelas 19h00. A entrada é gratuita.

Por Ângela Nobre (no Litoral Alentejano)

Deixar uma resposta