Cirque du Soleil traz a tradição chinesa de Dralion a Lisboa

dralionJá estão à venda os bilhetes para a produção que o Cirque du Soleil estreia em Portugal no dia 1 de janeiro de 2014. Dralion inspira-se na tradição chinesa das artes acrobáticas e promete suspender a respiração a quem assiste.

Com a abordagem multidisciplinar que caracteriza o Cirque du Soleil, Dralion vai buscar a inspiração à filosofia oriental e a sua demanda incessante pela harmonia entre os humanos e a natureza. O nome do espetáculo deriva das duas criaturas emblemáticas: o Dragão, que simboliza o Oriente, e o Leão, que simboliza o Ocidente.

Em Dralion, os quatro elementos que governam a ordem natural das coisas assumem uma forma humana e cada elemento é representado por uma cor: o ar é azul; a água é verde; o fogo é vermelho; a terra é ocre. Neste mundo as culturas misturam-se, o Homem e a natureza são um só e o equilíbrio é alcançado.

Dralion terá lugar no Pavilhão Meo Arena entre os dias 1 e 12 de janeiro, com sessões às 21h30 (1 a 11) e também às 18h00 (dias 4, 5, 11 e 12 de janeiro). A compra de bilhetes pode ser feita nos locais habituais e online, e custam entre 37 euros (balcão 2) e 70 euros (Plateia VIP).

Texto de Tânia Fernandes

Deixar uma resposta