Chapitô comemora 15 anos de atividade com várias iniciativas

O Chapitô comemora 15 anos existência e continua a apostar na diferença e na surpresa, tendo preparado para o período de 8 de Setembro a 8 de Outubro inúmeras iniciativas dentro e fora do seu espaço físico.

De 19 a 23 de Setembro, Drakula de 2008, Cão que Morre Não Ladra de 2010 e Cemitério dos Prazeres de 2011 serão os três espectáculos apresentados ao público, que votará naquele que pretende assistir e ajudar na montagem do mesmo. Dia  24 de Setembro, a partir das 19h00, tem lugar a festa de aniversário onde estarão várias figuras do mundo da cultura e do espectáculo.

No entanto, a iniciativa com maior amplitude decorre fora de portas, entre Setembro e Outubro, nas estações do metropolitano de Lisboa, nomeadamente Marquês de Pombal, Entre-Campos e São Sebastião, onde vai estar patente uma exposição de  fotografias do repertório de 15 anos de criações, que vão dar a conhecer ao público um conceito de criação viva, direta e que se quer presente no dia-a-dia de cada cidadão.

O Chapitô afirma orgulhosamente em comunicado,   ter passado, pelos quatro  continentes – onze países e cento e cinquenta e sete  cidades – por onde viajou, ter conquistado um total de 125.000 espectadores.

As bilheteiras vão estar abertas a partir das 20h00, e o preço dos bilhetes é de 12 euros.

Texto de Margarida Vieira Louro

Deixar uma resposta