CGD e RIR apresentaram acção “A Estrela és TU!”

Por Elsa Furtado (Texto e Fotos)

cgd_rir-007“A Estrela és Tu!” é o mote da Caixa Geral de Depósitos (CGD), destinado a todos aqueles que vão ao Rock in Rio de Lisboa este ano. A campanha, apresentada hoje à imprensa, numa acção criativa e original, pretendeu proporcionar um pouco do tratamento que as estrelas recebem, desde uma limousine com motorista e bar abastecido com champagne, a maquiadora a massagista pessoal, e é claro, a presença constante dos paparazzi.

Segundo Francisco Viana, diretor de Marca e Comunicação da CGD, explicou: “Para nós todos os clientes da Caixa são estrelas, e por isso queremos oferecer uma experiência única a todos aqueles que passarem pelos nossos espaços no recinto”.

Uma experiência que pode ser repleta de adrenalina como um salto de oito metros de altura para um colchão de ar – “O Salto das Estrelas” para o Bag Jump, ou ser uma estrela de música, a cantar no “Palco Rock Star” na zona da Caixa, instalado no topo da Rock Street, e onde a ideia é fazer o candidato sentir-se uma verdadeira estrela, com uma multidão de fãs virtual a aplaudi-lo e a gritar o seu nome efusivamente.

cgd_estrelaQualquer uma destas experiências é gravada e pode depois ser partilhada nas Redes Sociais a partir de pulseiras RFID, que serão entregues no local, e ativadas nos tablets. A frase de ordem é mesmo: “Saltar, filmar, partilhar, fotografar”. O responsável de Comunicação da CGD, disse mesmo que: “O nosso objetivo é invadir as redes sociais”.  A acompanhar estas experiências, “vai estar sempre presente uma equipa de social media que acompanhará e registará todos os momentos, os quais podem depois ser partilhados no Instagram, no Twitter e no Facebook da Caixa”.

Nestas ações a CGD conta com a colaboração de duas empresas portuguesas, entre as quais se destaca a Fullsix (agência conhecida pelos seus trabalhos publicitários para os meios online).

Outra novidade é a possibilidade da criação de um cartão de crédito personalizado, em que o cliente pode escolher a fotografia que quer colocar, “Made by…”.

cgd_rir-005Francisco Viana disse ainda que, “O nosso objetivo é proporcionar quatro tipos de experiências: emocional, social, sustentável e digital/interactiva”, ou seja criar memórias. Memórias essas que, Roberta Medina mais uma vez fez questão de referir que: “São as experiências que marcam que ficam na memória das pessoas e as fazem falar e recordar o festival, independentemente dos concertos”.

Confirmado internacionalmente como um dos festivais mais populares e com melhor um dos melhores cartazes ao nível de artistas. O RiR é também conhecido pela sua forte acção Social e preocupação com o ambiente, indo ao encontro deste espírito a CGD aposta também na sustentabilidade e na solidariedade, com a venda de umas pulseiras especiais, pelo valor simbólico de 1 Euro, que no final, o valor angariado vai ser entregue para equipar salas de estudo de várias escolas do país.

cgd_rir-004Outra das novidades que o responsável de comunicação da CGD fez questão de salientar, é o atual processo de debranding (remodelação da marca) que a Instituição está atualmente a viver, apresentando um logotipo mais atual, aberto e com os limites retocados (quase que limados), a par do uso apenas da palavra Caixa, pretendendo ir assim ao encontro de novos clientes e clientes mais jovens.

Jovens e menos jovens é o elevado número de festivaleiros que Roberta Medina (RM) espera ter este ano no Festival, “cerca de 350 mil espectadores no total”. A confirmar estes números, a Vice-Presidente do RiR adiantou que os bilhetes para o dia dos Rolling Stones já se encontram esgotados (estando apenas alguns disponíveis no Continente e BP), estando quase todos vendidos os do dia 1 de junho, habitualmente dedicado aos mais jovens, e que este ano conta com Justin Timberlake como cabeça de cartaz, e que os bilhetes para o dia de Robbie Williams sofreram recentemente um aumento de procura.

A par destes dados, RM disse ainda que 8% dos bilhetes foram vendidos no estrangeiro (nomeadamente Espanha e França – onde a FNAC fez uma grande aposta), refletindo um aumento de 3% face à edição anterior.

Números estes que se reflectem na ocupação hoteleira, sendo já complicado reservar alojamento em algumas unidades e para determinadas datas. Com a capacidade quase lotada está o Hotel Dom Pedro, mais uma vez parceiro do Festival, e onde ficam alojados os principais artistas e convidados, como o caso da comitiva americana, como referiu a responsável. Relembre-se que o RiR vai ter a sua 1ª edição nos Estados Unidos em Maio de 2015, na cidade de Las Vegas.

cgd_rir-006Estes números são mais uma vez, prova de que o festival é um cartão de visita de excelência de promoção do país, como RM já tinha referido anteriormente noutras ocasiões.

O Rock in Rio decorre nos dias 25, 29, 30 e 31 de maio e 1 de junho, no Parque da Bela Vista, Lisboa, e o cartaz do Palco Mundo inclui os nomes de Robbie Williams, Ivete Sangalo e Boss AC e Aurea, Pretty Lights, Breakbot, Claptone, Dj Ride, Le Youth e Voxels (25 de maio), The Rolling Stones, Gary Clark Jr. e Rui Veloso com Lenine e Angelique Kidjo, Dj Vibe B2B Rui Vargas, Jiggy B2B A.Paul, Miss Sheila e Dj Morgana e Wicctofly Dj, Magazino e Ari, Mirror People Live e Miguel Quintão (29 de maio), Linkin Park, Queens of the Stone Age, DJ Steve Aoki e Capital Inicial, Tiga, Hercules And Love Affair, Claude Von Stroke, Octa Push Live e Bis Boys Please (30 de maio), Arcade Fire, Lorde, Ed Sheeran e a Homenagem a António Variações com Deolinda, Gisela João, Linda Martini e Rui Pregal da Cunha, Apollonia, Benoit & Sergio, Frivolous, Flow & Zeo e Ramboiage (31 de maio) e Justin Timberlake, Jessie J e Nile Rodgers e Chic, João Pedro Pais, Jorge Palma e Kika, Underground Sound Of Lisbon LIVE, John Digweed, Renato Ratier, Twofold + Switchst(D)Ance e Pena (1 de junho).

O bilhete diário para o Rock in Rio – Lisboa é de 61 euros para os dias 25, 30, 31 de maio e 1 de Junho e de 69 euros para o dia 29 de maio, quando tocam os Rolling Stones e já estão à venda nos locais habituais.

Deixar uma resposta