CCB promove Ciclo A Cantar e a Contar dedicado ao fado em Maio

programaO ciclo A Cantar e a Contar, inserido na programação Há Fado no Cais, produzido pelo CCB em conjunto com o Museu do Fado e a EGEAC, e a partir de uma ideia de Aldina Duarte, pretende explorar a relação privilegiada entre grandes textos da literatura ocidental, a música e o canto.

Desta forma, foram convidadas várias personalidades para participar nestas sessões, com orientação de Helena Vasconcelos e intervenção e canto de Aldina Duarte. No primeiro dia, 9 de maio, o convidado será Gonçalo M. Tavares com o tema Camões e a Aventura; seguir-se-á Alexandre Quintanilha no dia 16, Pedro Mexia no dia 23 e José Tolentino Mendonça no dia 30.

As sessões iniciam no dia 9 de maio às 18h30 e desenrolam-se durante o mês de maio, todas as quintas-feiras, acontecendo na Sala Luís Freitas Branco no CCB nas duas primeiras sessões e no Museu do Fado nas duas sessões seguintes, sendo todas de entrada livre.

De destacar também o concerto de Fado Antigo no Grande Auditório do CCB no dia 10 de maio às 21h00. Este concerto irá juntar quatro vozes que marcaram algumas das gerações mais importantes da história do fado; são elas Artur Batalha, representando o Fado Castiço, Beatriz da Conceição, referência da História do Fado para a nova geração de fadistas, Maria da Fé que marcou a internacionalização do fado e o lançamento de jovens fadistas, e Vicente da Câmara, que é o mais antigo dos fadistas vivos.

O preço dos bilhetes para este concerto varia entre os 5 e os 18 euros.

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta