CCB arranca com programação para os mais pequenos na Fábrica das Artes

Música, dança, teatro, vídeo, expressão plástica,… tudo isto e muito mais nos espetáculos e oficinas da Fábrica das Artes no Centro Cultural de Belém. Destacamos no mês de janeiro, a nova criação de Simão Costa, pi_ADD(a)forte, um projeto transdisciplinar que cruza a música eletrónica e a dança, em fevereiro o espetáculo Anjos Perdidos, uma co-produção Fábrica das Artes e Teatro da Garagem, inspirado nos diários dos dois jovens responsáveis pelo massacre de Columbine.

O espetáculo será no Pequeno Auditório, de 7 a 12 de fevereiro e em março, Bom Dia Benjamim, espetáculo que estreou em 1998 no festival dos 100 Dias e que regressa ao CCB com uma nova encenação de Teresa Sobral.

As oficinas serão um espaço de encontro entre o público e artistas. De 23 a 29 de janeiro decorre a oficina de música de David Harrison – E o silêncio? Também é de Mozart?, onde na companhia de três músicos, as crianças vão descobrir a resposta. Destacamos ainda a oficina de vídeo e dança de João Pinto e Aldara Bizarro – Danças de Bolso ou Paper Back Dances, para crianças e as suas famílias ou em contexto escolar, de 28 de Fevereiro a 4 de março. Requer marcação prévia.

Na Oficina de Teatro de Dina Lopes – De onde vem a história que queremos contar… destina-se a crianças dos 4 anos aos 12, e pode ser realizada com a família ou com a escola, de 13 a 18 e de 20 a 23 março.

Dia 17 de Março, no Jardim das Oliveiras,  realiza-se o Mercadinho de Talentos, espaço para os mais pequenos mostrarem os seus dotes a cantar, a tocar, a dançar, a desenhar, a fazer magia, e tudo o mais que se lembrarem … até venderem o que produzem com o seu talento, ao valor simbólico de 1 euro.

Texto de Clara Inácio

1 Comentário

Deixar uma resposta