CCB celebra a memória de Debussy com DSCH Schostakovich Ensemble

O CCB recebe DSCH Schostakovich EnsembleEnsemble em Residência, com Filipe Pinto Ribeiro, ao piano e com a direcção artística, Philippe Graffin, no violino e Gary Hoffman, no violoncelo no próximo dia 17, pelas 21h00, no Pequeno Auditório.

No ano em que se comemoram os 150 anos sobre o nascimento de Claude Debussy, o DSCH apresenta um programa dedicado ao grande compositor francês, que conta com o regresso ao CCB de dois intérpretes de excelência da música francesa: o violinista francês Philippe Graffin e o violoncelista americano Gary Hoffman. Constam do programa a extraordinária Sonata para violoncelo e piano de Debussy, bem como o Andante expressivo do seu Trio com piano, a sua primeira obra de música de camara, composta aos 18 anos. Vão ser ainda interpretadas obras de Maurice Ravel, o outro grande compositor francês contemporâneo de Debussy, como a Sonata para violino e violoncelo composta «À memória de Claude Debussy».

Mais informações no sítio. Os bilhetes estão à venda nos locais habituais.

Texto de Clara Inácio

Programa

Claude Debussy 1862-1918
– Andante espressivo (do Trio com piano em Sol maior)
– Sonata para violoncelo e piano
I. Prologue: Lent, sostenuto e molto risoluto
II. Sérénade: Modérément animé
III. Finale: Animé, léger et nerveux
Maurice Ravel 1875-1937
– Sonata para violino e violoncelo
I. Allegro
II. Três vif
III. Lent
IV. Vif, avec entrain
Intervalo
Claude Debussy 1862-1918
– Beau Soir (arranjo para violino e piano de Arthur Hartmann)
– Il pleure dans mon coeur (arranjo para violino e piano de Arthur Hartmann)
– Minstrels (arranjo para violino e piano de Claude Debussy)
Maurice Ravel 1875-1937
– Trio com piano
I. Modéré
II. Pantoum: Assez vif
III. Passacaille: Très large
IV. Final

Deixar uma resposta