Cavalos brilham no encerramento da digressão de Apassionata – Grand Voyage, em Lisboa

Os cavalos foram as grandes estrelas do espectáculo Apassionata – Grand Voyage, que apassionata-2009-1se apresentou em Lisboa, no Campo Pequeno pelo terceiro ano consecutivo, para quatro sessões, que decorreram entre sexta-feira dia 27 de Fevereiro e domingo dia 1 de Março, numa edição com algumas novidades.

O espectáculo deste ano tem por tema as viagens, reais ou  imaginárias.  Espanha, Ásia, Índia, Irlanda, Oeste Selvagem, Paris e Brasil são alguns dos destinos que a equipa da Apassionata, dirigida por Markus Gerlach, convidam os espectadores a visitar.

Cavalos Lusitanos, andaluses, islandeses, garanhões Cremello, póneis shetland, cavalos Friesian, são agumas das estrelas do espectáculo, que correm, saltam, executam “capriolas”, “balotadas” e “piafés”, entre outros exercícios.

apassionata2009-31A apresentar a edição deste ano, a organização convidou Ana Brito e Cunha, que surpreendeu os espectadores com uma execução de flamenco, num número  em parceria com o cavaleiro espanhol Sebastian Fernandez.

Uma luta de samurais, acrobacias, exercícios no meio do fogo pela equipa de Roland Heiss,  ou um alegre número de dança por Antonia Hauss, Celine Willms e Tobbe Larsson com os seus belos cavalos Friesian, foram alguns dos momentos do espectáculo que mais agradaram ao público.

Mas num espectáculo classificado de “para toda a família”, os números que tiveram mais aplausos não podiam deixar de ser os protagonizados pelas “estrelas mais pequenas”. Os ternurentos potros castanhos e o encantador pónei anão Rasputin, da equipa de Herman Wetehof, foram os que mais enterneceram o público, que aplaudiu entusiasticamente as pequenas estrelas equestres.

O momento mais “harmonioso” da Grand Voyage esteve a cargo da dupla portuguesa do Centro Equestre da Lezíria Grande, da qual faz parte Sofia Valença, que no dorso de belos cavalos lusitanos interpretaram um número de Alta Escola, sob um belo céu estrelado, num momento muito aplaudido pelo público.

apassionata-2009-4

Em conversa com o Canela&Hortelã, a jovem cavaleira Sofia Valença falou da sua participação neste espectáculo, de origem alemã. “A nossa família colabora com a Apassionata desde a sua criação há 6 anos, na nossa participação tentamos  sempre manter-nos fiéis às nossas raízes, divulgar a equitação tradicional, embora com algumas inovações e ao mesmo tempo dar a conhecer o cavalo Lusitano”.

Em relação à edição deste ano, a cavaleira revelou que, “Este ano estivémos presentes com cinco cavaleiros do nosso centro e vários cavalos, incluindo o Sirius, montado pela Ana Brito e Cunha, mas temos mais cavalos e cavaleiros no espectáculo “Sehnsucht”, que se encontra em digressão pela Alemanha e está previsto vir a Portugal para o ano”, revelou Sofia Valença, que salientou ainda que, “Dos três espectáculos que apresentámos em Portugal, este foi o que mais gostei”.

apassionata2009-5

A digressão de 2008/2009  da “Grand Voyage” , começou em Novembro na Alemanha e terminou em Lisboa. Também em Novembro, na Alemanha, estreou o espectáculo “Sehnsucht“, em digressão pela Alemanha, Áustria e Suíça até ao Verão, da qual fazem parte a cantora islandesa Arndis Halla (uma das ausências do Campo Pequeno este ano) e os restantes dançarinos da Apassionata (que nas edições anteriores,  também fizeram rir a plateia com as suas “trapalhices”), entre outros membros da “família” Apassionata ,  num espectáculo que está previsto vir a Lisboa no próximo ano, para mais momentos de “encantar”.

fotos: internet e arquivo de imagens da Apassionata

1 Comentário

Deixar uma resposta