Castelo de S. Jorge distinguido com prémio da Associação Portuguesa de Museologia

No passado dia 12 de dezembro, a Associação Portuguesa de Museologia atribuiu os prémios APOM 2011 e distinguiu o Castelo de São Jorge com o Prémio Informação Turística/Visitante ex aequo, com a promoção do Turismo Cultural na cidade de Funchal – DRAC- Direcção Regional dos Assuntos Culturais e a Promoção Turística da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão.

O Castelo de S. Jorge acolhe 1 milhão de visitantes por ano, dos quais mais de 80% são visitantes estrangeiros de diversas proveniências. O maior desafio desde 2010 tem sido o incremento sistemático e transversal da qualidade da informação disponibilizada aos visitantes. Este folheto é gratuito e disponibilizado em seis idiomas – português, espanhol, inglês, francês, italiano e alemão. Na elaboração deste folhete colaboraram graciosamente, a Alliance Française, o Istituto Italiano di Cultura di Lisbona e o Goethe Institut.

A informação está sistematizada em quatro blocos: Castelo de São Jorge-Síntese da história do monumento, com a cronologia de 10 momentos importantes; O que ver -Caracterização sucinta dos locais notáveis a visitar no Castelo de S. Jorge: o castelejo, os vestígios do antigo paço real da alcáçova, o núcleo arqueológico, o núcleo museológico, o periscópio – Torre de Ulisses e o miradouro; Mapa – Infografia comentada com curiosidades sobre o património edificado ou arqueológico visitável e com indicações úteis sobre a localização de serviços disponibilizados; Informações – Horários, destaques de visita, serviços oferecidos ao visitante, contactos, acessos e parques de estacionamento na envolvente.

O folheto encontra-se disponível na Bilheteira, no Núcleo Museológico e no Periscópio – Torre de Ulisses. A informação na bilheteira e no site oficial do Castelo está disponível em três idiomas – português, espanhol e inglês. A sinalética de encaminhamento e chegada e os conteúdos do núcleo museológico (painéis de exposição, legendas e os conteúdos digitais) e do núcleo arqueológico são oferecidos em português e inglês. As informações relativas a acções de conservação e restauro, colocadas temporariamente nos locais de intervenção, são apresentadas em português e inglês.

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta