Casa Monsaraz recebe exposição de Sónia D’ Assumpção, Fios Cruzados – Magias Sonhadas

Fios_Cruzados_Magias_SonhadasA casa Monsaraz, situada em Reguengos de Monsaraz e no âmbito do ciclo de exposições Monsaraz Museu Aberto, apresenta a exposição de tapeçaria Fios Cruzados, Magias Sonhadas, de Sónia D’ Assumpção, patente nesta Casa até ao dia 26 de maio.

A tecelagem faz parte do património histórico de Reguengos de Monsaraz, nomeadamente as mantas alentejanas, e a artista irá estar a trabalhar ao vivo durante esta exposição.

Segundo Sónia D’ Assumpção, a realização desta exposição “inspira-se na mitologia dos índios da América do Norte que ensinam que a grande aranha teceu a teia do universo para relacionar todas as coisas. Para eles, a aranha é, ao mesmo tempo, avó e criadora, a que gera novas energias dentro da existência. Ela possui a “Medicina da Criação”. Num dos mitos da Criação, conta-se que, no início do mundo só havia escuridão, os povos viviam colidindo uns com os outros. A avó aranha, construindo a sua teia, estabeleceu ligações e, acabando com o caos, trouxe o sol e o fogo aos índios ensinando-lhes também a arte da cerâmica”.

Fios Cruzados, Magias Sonhadas é organizada pelo Município de Reguengos de Monsaraz e está patente na Casa de Monsaraz até ao dia 26 de maio, podendo ser visitada de quinta-feira a sábado das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Texto de Joana Resende 

Deixar uma resposta