Cartaz do Optimus Alive 2010 quase composto

O cartaz do Optimus Alive 2010, a decorrer no Passeio Marítimo de Algés, já começa a ficar composto, e de 8 a 10 de Julho a música vai acontecer em dois palcos: o Palco Optimus e o Palco Super Bock.

No primeiro dia do festival, aos já anunciados Kasabian e Phoenix, que irão actuar no Palco Optimus, juntam-se nomes como os Faith No More e Alice in Chains, duas bandas míticas do rock, e os Heaven & Hell, uma das mais importantes formações da história do heavy-metal, ou não fossem todos ex-membros dos Blck Sabath.

Já pelo Palco Super Bock passam as bandas La Roux e os The XX, que no ano passado venceram vários prémios na categoria de melhor disco. Calvin Harris, em formato live, e Burns em DJ set, encerram o dia em ambiente de grande festa.

No dia seguinte, os multi-platinados rockers britânicos Skunk Anansie e os Manic Street Preachers, uma das bandas mais importantes do rock inglês, vão ser responsáveis por parte da animação do Palco Optimus.

Confirmada está também a presença dos 30 Seconds to Mars, que terão aqui a oportunidade de apresentar ao vivo os sucessos do último álbum, “This is War”, bem como outros temas mais antigos.

No mesmo dia, mas no Palco Super Bock, aos já anunciados Gossip, foram entretanto divulgadas outras propostas inovadoras e arrojadas da música actual. No dia 9 de Julho actua Steve Aoki em DJ set e traz consigo o fenómeno mais explosivo da cena electrónica actual, que ele próprio descobriu e lançou: Bloody Beetroots, em estreia absoluta no formato live em Portugal.

Estão ainda confirmados o quinteto electropop britânico, New Young Pony Club, e a dupla electrohouse alemã, Booka Shade, em formato live. A dupla de DJ’s nova-iorquina, Holy Ghost! também se junta a este cartaz e vai dar provas da sua mestria na arte de fundir o velho com o novo, estabelecendo o elo de ligação entre temas disco e as mais recentes criações da música electrónica.

Em Oeiras o festival encerra com os já anunciados Pearl Jam e com os LCD Soundsystem, que voltaram a reunir tropas e vêm, uma vez mais, mostrar a electrónica contagiante de James Murphy, numa espécie de mistura entre o punk e a música de dança.

Pelo Palco Optimus vão ainda passar os Gogol Bordello, com a sua trupe cigana (o grupo é constituído por 11 elementos da Ucrânia, Rússia, Israel, Etiópia, Estados Unidos, Escócia, Equadro, Roménia e Polónia) de Eugene Hütz. Em palco será aprsentado o novo disco de originais Transcontinental Hustle.

No último dia, o Palco Super Bock não vai estar menos animado, já que conta com a presença da canadiana Peaches. O Palco vai também ser partilhado pelo DJ alemão Boys Noize, pela dupla italiana Crookers e pelos Simian Mobile Disco, um dos nomes de referência da electrónica actual que toca pela primeira vez em Portugal no formato “Live”.

Os bilhetes para o festival já estão à venda, e custam entre 50 euros o bilhete diário, e 90 euros o passe para os três dias. A produção é da Everything is New.

Por Cristina Alves

Deixar uma resposta