Carsharing Da DriveNow E Brisa Já Está A Funcionar Em Lisboa

Por Elsa Furtado (Texto e Fotos)

O serviço de carsharing da DriveNow em parceria com a Brisa já está a funcionar em Lisboa. O lançamento teve lugar ontem ao final da tarde, na zona de Belém, e já foi possível experimentar o serviço.  

A DriveNow é uma joint venture do BMW Group e da empresa de rent a car Sixt SE para o carsharing e foi criada na Alemanha em 2011, atualmente está presente em 13 cidades europeias (como Munique, Berlim, Hamburgo, Düsseldorf, Colónia, Viena, Bruxelas, Milão, Estocolmo, Copenhaga, Helsínquia e Londres), de 8 países com cerca de 5.900 veículos e cerca de um milhão de registos.

Em Portugal a marca conta com a Brisa e a Galp como parceiras e vai ter 211 automóveis das marcas BMW e Mini, sendo cerca de 100 Mini Cooper (Mini 3-Door, Mini 5-Door e Mini Clubman), 100 BMW Série 1 e 11 carros eléctricos, modelo BMW I3.

Para aderir ao premium carsharing os utilizadores têm de se registar na internet, e pagar um valor de 10 euros, com direito a 30 minutos de oferta de condução. O serviço tem tudo incluído, como combustível, estacionamento (EMEL) e seguro contra todos os riscos com uma franquia de 350 euros, ou adicionando 1 euro por viagem ao pagamento fica com franquia de 0 euros (até 200 km de circulação). O aluguer deste serviço custa 29, 31 ou 34 cêntimos por minuto, consoante o modelo, sem custos adicionais, podendo o aluguer ser prolongado até 8 horas (a um custo de 10 cêntimos por minuto).

O serviço DriveNow está disponível 24 por dia, sete dias na semana, e é acessível através de uma app instalada nos telefones, (disponível nas lojas Google Play e iTunes), que permite ao utilizador ver a localização dos veículos em qualquer zona da cidade, reservar aquele que lhe interessar, estabelecer um percurso, conduzi-lo e depois estacioná-lo num perímetro de 48 km quadrados entre Belém e o Parque das Nações / ou entre a 2ª circular e o rio (na fase de arranque da operação e excluindo Olivais e Chelas), e terminar o aluguer. Para começar a conduzir basta introduzir um pin.

De destacar que a operação em Lisboa é a primeira em que não será necessário usar um cartão para utilizar o carro, como nas outras cidades europeias, este método só estará disponível nos veículos eléctricos.
Os clientes Via Verde da Brisa beneficiam de uma solução integrada para o registo e o pagamento da DriveNow.

Com este novo serviço, que pretende reduzir o número de veículos na cidade, uma viagem do Saldanha a Belém poderá custar entre 5 e 7 euros, e uma viagem de Alvalade ao Martim Moniz custará entre 4 e 5 euros. Para mais tarde, está prevista uma ligação ao Aeroporto de Lisboa, custando uma viagem entre o Aeroporto e o Marquês de Pombal um valor fixo de 5 euros.

Até dia 27 de setembro a inscrição é gratuita e até dia 12 de outubro o aluguer de qualquer veículo custa 29 cêntimos por minuto.