Carlos do Carmo apresentou concerto especial, em que interpretou swing com “cheirinho” a fado

Reportagem de Paulo Sopa (texto e fotos)

Em mais um evento de verão no Convento das Bernardas, em Tavira, inserido na programação do Allgarve, foi a vez de Carlos do Carmo apresentar um espetáculo diferente no passado dia 11, no qual cantou temas de Frank Sinatra acompanhado da Claus Nymark Big Band.

Se gente houvesse enganada, à espera de ouvir um fadinho, certamente não saiu defraudada: com os seus 72 anos de idade, Carlos do Carmo mostrou o porquê de ser uma das figuras mais acarinhadas e apreciadas da música portuguesa, apesar de já se notar menos elasticidade na sua voz. Comunicador por excelência, durante todo o espetáculo contou histórias que prendiam a atenção do público, quase sempre com um sentido de humor e veia artística que muitos desconheciam neste “gentleman”.

Para a história, ficam músicas “de sempre” que ainda hoje unem gerações, interpretadas por um Senhor que também ele move novos e velhos por esse mundo fora e acompanhadas por uma banda de jazz com maestro dinamarquês mas com a esmagadora maioria dos músicos jovens e portugueses.
“Carlos do Carmo canta Frank Sinatra”, um grande espetáculo com excelente luminotecnia, a aproveitar de forma muito inteligente o espaço do Convento das Bernardas.

Deixar uma resposta