Câmara de Tomar organiza “Festival de Estátuas” de personagens históricas

Pela primeira vez, a cidade de Tomar organiza um grande Festival de Estátuas Vivas, que vai decorrer a 18 e 19 de Setembro, e abordará a História de Portugal focada na cidade do Nabão, desde a Idade Média à República.

Desde o centro da cidade até ao monte do Castelo dos Templários e do Convento de Cristo, num percurso de 500 metros, o I Festival de Estátuas Vivas de Tomar vai contar com 20 homens estátua, considerados pela organização como os melhores na área, que vão encarnar uma personagem alusiva à História de Portugal.

As personagens vão estar expostas em concurso, uma vez que os visitantes, no final do percurso, poderão votar na estátua viva de que mais gostaram. As três melhores recebem um prémio monetário.

Para divulgar a primeira edição do festival, o conhecido Staticman, António Santos, vestiu a pele de “Luís de Camões” no passado dia 19 de Julho, no comboio inter-regional que faz o trajecto Lisboa – Tomar, partindo da Estação do Oriente às 18h26.

Durante a viagem, em todas as carruagens, o Homem Estátua fez a sua performance (estática, o mais possível) e ao longo do percurso foi interagindo com os passageiros.

Eram 20h02 quando “Luís de Camões” chegou ao seu destino. Assim que desceu da carruagem em Tomar, imobilizou-se no apeadeiro, causando alguns risos e curiosidade nos que circulavam a passo apressado. O local depressa ficou vazio e a performance do artista não durou mais do que cinco minutos.

Texto de Cristina Alves

Deixar uma resposta