BTL 2013 aposta nos segmentos MI, Golfe e Turismo Religioso – atualizado

BTL_2013A Bolsa de Turismo de Lisboa, BTL 2013, que vai decorrer em Lisboa entre 27 fevereiro e 3 de março, remodelou o seu figurino e adaptou-se ao contexto atual e às novas exigências, esperando receber na edição deste ano mais de 400 representantes da indústria do turismo de várias empresas estrangeiras.

À semelhança das edições anteriores, a BTL assume o compromisso de desenvolver um programa completo de acções direccionadas para os compradores internacionais, desde reuniões, apresentações do destino Portugal e outros eventos programados, nos quais todos os expositores poderão participar sob um registo prévio.

A promoção junto ao sector nacional e estrangeiro, bem como do comprador final com a introdução de pacotes de ofertas “a preços convidativos” são algumas das linhas que orienta a realização da feira.

Assim, o programa Hosted Buyers, organizado pela própria BTL, em parceria com o Turismo de Portugal e com a companhia aérea TAP Portugal, tem como objectivo apoiar a presença no certame de compradores internacionais que tenham um interesse específico no destino Portugal.

Os segmentos turísticos do Turismo Religioso, Golfe e Meeting Industry (MI) vão ser a aposta da Bolsa de Turismo de Lisboa 2013, que também assinala o seu 25º aniversário. A edição deste ano irá promover especial destaque a estes produtos na programação para hosted buyers, contando com a presença de mais de duas dezenas de compradores oriundos da Rússia. “Nada nos deixa mais satisfeitos do que a presença de um dos segmentos em que mais apostamos este ano, e obviamente de um país com tanto potencial como a Rússia. Terem escolhido estar presentes na BTL este ano demonstra que Portugal é cada vez mais um destino preferencial para a área de congressos e incentivos”, diz Fátima Vila Maior, directora da BTL, em comunicado.

Turismo Centro e Animação da EGEAC em destaque

O Centro de Portugal será o destino nacional convidado para esta edição da BTL. Uma escolha que para Pedro Machado, presidente desta Região de Turismo se fica a dever ao facto do Centro ser “um destino consolidado para o mercado interno e mercado externo de proximidade”. “O convite endereçado pela BTL confirma a estratégia de acção junto do sector, e reconhece o valor do Destino e da marca Centro de Portugal”, comenta o dirigente em comunicado.

O Centro de Portugal vai apresentar uma área expositiva e programação direccionada para a dinamização de estratégias de negócio e promoção ativa do território, com 28 balcões trade (unidades hoteleiras, empresas de animação e outras organizações), e 5 áreas CIM (Comunidades Intermunicipais acima referidas) – para além do balcão TCP, e dos espaços técnicos de degustação de produtos e reuniões.

Durante a feira, a EGEAC-Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural será responsável por muitos dos momentos de animação, contando com uma actividade variada. Nos dias 28 de Fevereiro e 3 de Março, vai ter lugar, pelas 16h00, uma acção promovida pelo serviço educativo do Museu da Marioneta, subordinada ao tema «Por trás das sombras». Já no dia 1 de Março será o serviço educativo da Casa Fernando Pessoa a promover uma acção intitulada «Passar a Mensagem», enquanto no dia 2, as actividades estarão a cargo do serviço educativo do Padrão dos Descobrimentos e terão como tema «Puzzle fantástico».

“Sendo a EGEAC responsável pela gestão de grandes marcos de turismo na cidade de Lisboa, participa de modo a melhor dar a conhecer a sua actividade e dos equipamentos do universo EGEAC, bem como as potencialidades de cada um”, explica a empresa municipal em nota enviada à imprensa.

 Ausências

Em tempos de crise, esta edição da BTL fica ainda marcada pela ausência de expositores habituais como os operadores turísticos Nortravel, Solférias, Quadrante, entre outros, o parque temático da Disneyland Paris, as companhias aéreas Lufhtansa, Alitalia e a KLM/Air France, assim como as cadeias hoteleiras Amorim, Sonae, Accor e Altis. Este ano há ainda a registar a inexistência de stands do turismo de países como Espanha, França, e Tailândia e mesmo dos casinos da Estoril Sol.

Por outro lado, é de salientar ainda o facto de algumas empresas de renome terem optado por partilhar stands, que é o que irá acontecer com a Solférias Algarve e com a Turquiavisão, que estarão presente através dos Turismo do Algarve e da Turquia, respectivamente, assim como a Soltrópico, Turanga, Espírito Santo Viagens, que também vão marcar presença na feira. A Douro Azul é outra das empresas que irá estar presente no stand do Douro/Norte, tal como a nova agência de animação Duriense Wine Moments & Gourmet.

A nível de presenças a registar, a BTL irá contar com stands das companhias aéreas Sata, Tap, Emirates, United Airlines e Transavia, assim como a MSC Cruzeiros e as cadeias hoteleiras Turihab (Solares de Portugal), Thema Hotéis, Vila Galé, Dom Pedro Hotéis, Pestana, grupo Porto Bay (que realizará a sua já habitual Poncha Party no dia 27, pelas 18h00), Grupo Onyria “Onyria Golf Resorts e ainda de agentes turístico-culturais como a EGEAC, o Jardim Zoológico de Lisboa e a Parques de Sintra Monte da Lua  que vai estar no setor Multidestinos,.

Os visitantes terão ainda a oportunidade de ficar a conhecer um pouco melhor a oferta turística de destinos internacionais como a Croácia, República Dominicana, Turquia, Brasil (que terá em destaque o estado de São Paulo, pela primeira vez em Portugal), Emirados Árabes Unidos (com o Dubai em destaque), Miami, Marrocos, Argentina, Cabo Verde, Cuba e África do Sul. Em termos de turismo interno, alguns dos stands em destaque serão, nomeadamente, os do Douro/Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira.

Alguns dos stands vão realizar promoções e sorteios e o visitante 1 milhão ganha uma viagem à região Centro de Portugal.

De destacar ainda que o Pavilhão 1 vai ser dedicado ao golfe – com o Portugal Golf Show, no Pavilhão 2 vai estar em destaque o Turismo Rural e no Pavilhão 3 o Enoturismo, onde vão estar presentes empresas como a SOGRAPE, José Maria da Fonseca, Bacalhôa Vinhos de Portugal, Porto Cruz, Monte da Ravasqueira, Caves Ramos Pinto, Dão Sul, Vinitur e em espaço próprio a Esporão, e CARMIM, em cujos stands vão decorrer provas de vinhos. A alimentação e os restaurantes típicos voltam a marcar presença no Pavilhão 4.

A feira vai funcionar nos dias 27 e 28 exclusivamente para os profissionais do setor, das 10h00 às 20h00, e na sexta-feira até às 18h00. O horário para o público é sexta-feira (dia 29), das 18h00 às 23h00, sábado das 12h00 às 23h00 e domingo das 12h00 às 20h00. O bilhete para os profissionais custa 10 euros, e o do público em geral custa 5 euros – válido apenas para um dia.

Por Cristina Alves e Elsa Furtado

Deixar uma resposta