Bob Dylan lança novo álbum em Setembro

Considerado uma lenda viva da música mundial, o cantor americano Bob Dylan, aos 71 anos, já tem data para lançar seu novo trabalho. Dia 10 de Setembro foi a data escolhida para o lançamento de Tempest, o 35º álbum do senhor Robert Allen Zimmerman.

De acordo com a Sony Music Portugal, o novo trabalho é produzido por Jack Frost (pseudónimo do próprio cantor) e inclui dez novos temas, sucedendo a Together through life (2009), que vendeu mais de um milhão de cópias e estreou em primeiro lugar na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, e Christmas in the Heart, o primeiro álbum do músico com temas de Natal.

Recentemente, em entrevista ao jornal Aspen Times, o cantor David Hidalgo, que tem trabalhado com Dylan nos seus últimos CDs, adiantou que as canções do novo trabalho carregam influências da música latino-americana.

Tempest, que já está disponível em pré-venda no iTunes, celebra também o 50º aniversário da carreira do cantautor norte-americano, cujo disco homónimo foi lançado em 1962, quando Dylan ainda era um jovem de 19 anos, e incluía standards da música folk e duas canções da autoria de Dylan. Com o seu segundo álbum, The Freewheelin’ Bob Dylan, lançado em 1963, o cantor  passou então a ser conhecido como um escritor poético de canções de protesto e uma voz nova e original.

Nascido Robert Allen Zimmerman, em Duluth, nos Estados Unidos, a 24 de Maio de 1941, adoptou o nome artístico de Robert Dylan e o seu trabalho viria a influenciar muitos artistas de rock britânico e norte-americano nos anos 1960 e 1970, entre eles Sonny and Cher, The Birds e The Turtles. Ainda adolescente aprendeu piano e guitarra sozinho, começou a cantar em grupos de rock, imitando os músicos Little Richard e Buddy Holly. Bob Dylan foi considerado em 2004 pela revista norte-americana Rolling Stone, como o segundo melhor artista de todos os tempos, a seguir aos Beatles. Na mesma altura, uma das suas principais canções, «Like a Rolling Stone», foi escolhida como a melhor de sempre. A última vez que o cantor esteve em Portugal para uma actuação foi em 2008, no Festival Optimus Alive, e nesse mesmo ano foi premiado com um Pulitzer especial pelo seu profundo impacto na música popular e cultura norte-americana, já este ano Bob Dylan foi novamente agraciado, desta vez com a Medalha Presidencial da Liberdade. Aos 71 anos, para além de continuar ativo no lançamento de novos discos, Bob Dylan está actualmente em digressão pela Europa e em Agosto a tournée atravessa o Atlântico a segue pelo Canadá e pelos EUA.

Texto de Cristina Alves

Deixar uma resposta