Bertrand publica Os Abutres do Vaticano, de Eric Frattini

CapaxÉ já na próxima sexta-feira, dia 12 de abril, que chega às livrarias  Os Abutres do Vaticano, da autoria de Eric Frattini, uma publicação da Bertrand Editora.

A 19 de abril de 2005, o cardeal Ratzinger foi eleito Papa. Mal sabia ele que, como os seus antecessores, iria encontrar um osso duro de roer: o IOR (Instituto para as Obras Religiosas) ou o Banco do Vaticano. Os Abutres do Vaticano revela uma história de mordomos traidores, filtragem de documentos e fugas de informação, comissões secretas de investigação, serviços de espionagem e contraespionagem do Vaticano, prelados que denunciam a corrupção e são imediatamente afastadas de São Pedro, lavagem de dinheiro, altos membros da máfia siciliana, um plano para assassinar o Papa, uma adolescente desaparecida e supostamente usada como escrava sexual, um guerra entre jornalistas e diretores da imprensa católica, um presidente do IOR com medo de ser morto. No Estado do Vaticano, a realidade é sempre mais estranha que a ficção.

Ensaísta, escritor, jornalista, professor universitário e perito da União Europeia no âmbito da Segurança e Inteligência, Terrorismo Islâmico e Crime Organizado, Eric Frattini já deu mostras de conseguir prender o leitor da primeira à última página, com títulos como Mossad e Cosa Nostra.

Os Abutres do Vaticano, Eric Frattini, com 296 páginas, à venda por 16,60 euros.

Texto de Sandra Dias

 

Deixar uma resposta