Bertrand edita Mossad, Os Carrascos do Kidon

Mossad, Os Carrascos do Kidon da autoria de Eric Frattini traz-nos um relato impressionante sobre a Mossad, Instituto para Inteligência e Operações Especiais, de Israel, em mais um lançamento da Bertrand.

Neste livro são -nos relatadas algumas das missões da unidade Kidon, que significa  baioneta, que tinham como missão a procura e aniquilação dos inimigos do Estado de Israel, como a captura de Adolf Eichmann em Buenos Aires, a sua remoção para Israel e consequente condenação à forca em 1962.

Ao longo de 374 páginas pode-se ler a identidade dos agentes, quem perseguiram, quem executaram, desde 1960 até 2010. Este grupo atua em nome de Israel e com autorização política do Primeiro-Ministro. Os alvos vão desde militares nazis, palestinianos, cientistas relacionados com a energia atómica no Iraque e no Irão, líderes da OLP e do Hamas, especialistas em armamento, traficantes de armas, um magnata da imprensa.

O livro contém diversas fotografias dos alvos vivos e depois de abatidos, imagens aéreas, de helicópteros, de armas e de vigilância. A bibliografia é extensa e impressionante. Um livro essencial para quem quer melhor compreender o Médio- Oriente e a posição de Israel no mundo.

Eric Frattini nasceu em Lima – Perú, em 1963. É autor de mais de uma dúzia de livros, traduzidos para diversas línguas. Atualmente, exerce a função de professor de Investigação Jornalística na Universidade Camilo José Cela em Madrid.

Um lançamento com a chancela da Bertrand Editora, da colecção Ensaios e Documentos, com tradução de Dinis Pires, com 430 páginas e com o preço de venda de 18,90 euros.

Por Clara Inácio

1 Comentário

  1. Olá,
    comecei-o a ler esta semana.

    É uma temática que considero particularmente interessante.
    Na generalidade estou a gostar do livro embora a tradução não me pareça das melhores….

Deixar uma resposta