Bacalhau “revolta-se” em Portalegre

A Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre (EHTP) recebe hoje, dia 13, a sexta edição do concurso gastronómico “A Revolta do Bacalhau”, iniciativa que conta com a participação de vários chefes de cozinha.

A iniciativa pretende colocar à prova a criatividade dos concorrentes, a sua irreverência na elaboração dos pratos à base de bacalhau e, dessa forma, dar a conhecer ao grande público os novos valores da cozinha nacional.

Trata-se de uma iniciativa organizada pela cadeia de cash & carry Recheio com o apoio do bacalhau Norge, onde seis cozinheiros dão largas à sua imaginação na confecção e elaboração de pratos de bacalhau. A prestar provas estão os cozinheiros: Marco Ferreira Valente do Hotel Tiara Park Atlantic (no Porto), Tiago Filipe Fialho Lobo Sabarigo do Hotel Four Seasons Rtiz (em Lisboa), Flávio Pinto Marques do Hotel Grande Real Villa Itália (em Cascais), João Pereira do Restaurante Mesa (no Porto), Pedro Dinarco Vieira Marto do Restaurante Tavares (em Lisboa) e André Basílio Matos da Silva do Restaurante Casa da Calçada (em Amarante).

O juri é composto pelos chefs nacionais Hélio Loureiro, do Hotel Porto Palácio (no Porto); Helmut Ziebell e José Cordeiro do Hotel Altis Belém (em Lisboa); Luís Baena do Restaurante Manifesto (em Lisboa); António Nobre do Hotel M’Ar de Ar Aqueduto (em Évora) e Luís Jesus do Restaurante Tavares (em Lisboa).

A organização deste evento pretende, ainda, comprovar e dar a conhecer ao público a versatilidade do bacalhau, um dos produtos mais característicos da gastronomia tradicional portuguesa.

O concurso termina às 14 horas, com com um almoço convívio.

Texto por Cristina Alves

Deixar uma resposta