Babel edita A Noite Inteira Já Não Chega – primeira edição póstuma da poesia de Rosa Lobato de Faria

a_noite_inteira_ja_nao_chega

Esta obra que “reúne os poemas avulsos e poemas da coleção Poesia e Verdade, constituída pelos livros Os Deuses de Pedra, As Pequenas Palavras, Memória do Corpo, A Gaveta de Baixo e o O Sétimo Sentido, é lançada no âmbito de uma série de iniciativas que A Noite Inteira Já Não Chega é a primeira edição póstuma da poesia de Rosa Lobato de Faria. Uma poetisa que não necessita apresentações, com uma vasta e aclamada obra literária e agora editada pela Babel, compilada por Vasco Rosa, que também assina a nota editorial.vão decorrer para assinalar os 80 anos do seu nascimento.”

A apresentação do livro decorreu no Grémio Literário e a apresentação contou com Marcelo Rebelo de Sousa e Vasco Graça Moura.

Rosa Lobato de Faria (Lisboa, 20 de Abril de 1932 – Lisboa, 2 de Fevereiro de 2010) foi uma escritora, compositora e actriz portuguesa. É reconhecida pelo público devido à sua participação como actriz em várias telenovelas e filmes. Também escreveu para a televisão e foi letrista de canções populares, incluindo quatro canções que representaram Portugal no Festival da Canção (agora conhecido por Eurovisão). Entre os seus livros mais emblemáticos constam Os Pássaros de Seda (1996), Romance de Cordélia (1998), O Prenúncio das Águas (1999), galardoado com o Prémio Máxima de Literatura em 2000, A Trança de Inês (2001), O Sétimo Véu (2003), Os Linhos da Avó (2004) e A Flor do Sal (2005).

A autora foi agraciada, em 2010, a título póstumo, com o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

 Texto de Sandra Dias

Deixar uma resposta