Amos Oz, escritor israelita, recebeu Prémio Franz Kafka 2013

Amos Oz_© Colin McPhersonO escritor israelita Amos Oz foi o autor galardoado este ano com o Prémio Franz Kafka, no valor de 10.000 dólares, que vai ser recebido pelo próprio numa cerimónia organizada pela Câmara de Praga no final do mês de outubro, no âmbito da Festa Nacional da República Checa.

O prémio foi atribuído por um júri internacional que referiu que os livros do premiado são uma “criação literária excecional no plano artístico” e que “interpelam os leitores, independentemente da sua origem, nacionalidade e cultura”.

Amos Oz é autor de Uma História de Amor e Trevas, A Caixa Negra, Não Chames Noite à Noite, A Terceira Condição e Contra o Fanatismo, entre outros, e já recebeu várias distinções literárias entre as quais o Prémio Femina em 1988, o Prémio da Paz dos Livreiros Alemães em 1992, o Prémio Israel de Literatura em 1998, o Prémio Goethe em 2005 e o Prémio Príncipe das Astúrias em 2007.

A editora Dom Quixote editou recentemente o romance do escritor, Cenas da Vida de Aldeia.

 Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta