Almada Promove Festival Cantar Abril

O Festival Cantar Abril regressa a Almada nos dias 21, 22 e 30 de abril, para mais uma edição em que são premiadas “as novas vozes da resistência e da liberdade”.

O concurso, de caráter bienal, pretende valorizar a música de intervenção e o seu papel histórico na luta pela liberdade, assim como homenagear todos os que se bateram pela democracia em Portugal.

No dia 21 decorrem as eliminatórias da modalidade “Criação de Canções da Liberdade” e na noite seguinte apuram-se os finalistas da modalidade “Recriação das Canções de Resistência”. Estas eliminatórias decorrem no Fórum Municipal Romeu Correia – Auditório Fernando Lopes-Graça.

Os prémios Adriano Correia de Oliveira (Recriação), Ary dos Santos (Poesia), José Afonso (Tema Original) e Carlos Paredes (Carreira) são entregues na grande final, no Teatro Municipal Joaquim Benite, no dia 30 de abril, numa noite em que serão ouvidos os vencedores e terá lugar o espetáculo: António Portonet Canta Lorca – concerto de homenagem a Federico Garcia Lorca com Pedro Jóia, Norton Daiello, Vicky Rodrigues e Rui Borges.

A entrada para o festival é livre sujeita à lotação da sala, mediante o levantamento de bilhete no dia dos espetáculos.

Canções a Concurso:

  1. Alexandre Pintassilgo: “Maldição de São Bento” – Letra e Música: Alexandre Pintassilgo
  2. António Ataíde e os Impuros: “Impureza” – Letra: Vitorino Salomé
  3. Canalha – “Assim Não Dá” – Letra: André Conceição
  4. D-Phragma – “Reclamação por Escrito” – Letra: Nelson Carlos Oliveira
  5. Fernando Marques Ensemble – “A Espera” – Letra: Helena Carvalho
  6. Francisco de Almeida – “Zé Ninguém” – Letra: Francisco Almeida
  7. Maria João Fura – “Mais um Gole” – Letra e Música: Maria João Fura
  8. Mário Mata: “Para lá do Aljube havia o Tejo” – Letra: José Fanha
  9. Paulo Rodrigues: “Contradança” – Letra: Miguel Bastos
  10. TORGA: “Tudo ou Nada” – Letra: Miguel Quitério Ribeiro
  11. Os Trovadores: “Canção de Embalar” – Letra e Música: José Afonso
  12. António Ataíde e os Impuros – “Sou Barco” – Letra: António Borges Coelho
  13. Cambraia: “Balada de Outono” – Letra e Música: José Afonso
  14. Canalha: “Com Todo o Respeito” – Letra e Música: Jorge Palma
  15. Charanga e Adufe & Alguidar: “Rabanetes” – Letra: António Moreira
  16. Júnior: “De Coração e Raça” – Letra e Música: Sérgio Godinho
  17. VoxBeat: “Vejam Bem” – Letra e Música: José Afonso
  18. Oficina Criativa: “Mudam-se os Tempos Mudam-se as Vontades” – Letra: Luis Vaz de Camões e José Mário Branco
  19. Rui David & Projecto Alarme: “Ir e Vir” – Letra e Música: João Lóio/GAC
  20. Trivenção: “No Vale Escuro” – Letra e Música: Adriano Correia de Oliveira

Deixar uma resposta