Ala Nascente do Terreiro do Paço abre amanhã ao público – atualizada

Depois do Pátio da Galé chega agora a vez da Ala Nascente do Terreiro do Espaço ganhar nova vida e ser aberta ao público, a partir de amanhã, sábado 9 de junho.

A nova zona vai funcionar na parte onde antes estava instalado o Ministério das Finanças e a Bolsa de Valores de Lisboa e vai ocupar uma área total de cinco mil metros quadrados e representa um investimento de 10 milhões de euros.

A ala nascente vai passar a dispor de esplanadas, um food court com cinco restaurantes, cafés e um quiosque, um espaço histórico reconvertido num moderno recinto para eventos, uma discoteca – a Lust Lisbon, uma loja de flores inspirada nos tronos de Santo António e um conceito inovador de WC públicos (segundo a organização).

Entre os espaços gastronómicos destacamos o Populi, mesmo ao lado do Torreão, que pretende conciliar no mesmo lugar um caffé & restaurante com conceito misto de gastronomia, arquitectura e decoração, ao melhor estilo internacional, mas sempre tendo em conta a tradição e a gastronomia portuguesa.

Outra das novidades é a abertura do Museu da Cerveja, um espaço museológico e simultaneamente cervejaria,  explorado pelo Grupo Museu do Pão, que tem como objetivo “celebrar o património da cerveja dos Países de Língua e Expressão Portuguesa”, segundo os responsáveis. E que vai estar aberto diariamente das 9h00 às 2h00.

No primeiro andar do edifício, destinado à museologia vai estar uma exposição dedicada à cultura cervejeira, à origem, evolução e história de consumo, ciclo de produção de cerveja, proveniências Lusófonas, nomeadamente de Angola, Brasil, Moçambique, Cabo Verde, S. Tomé e Príncipe, e Guiné-Bissau. O piso térreo é dedicado à gastronomia, onde vai ser possível provar os tradicionais bifes lisboetas, o Marisco do Atlântico e também os típicos petiscos portugueses.

Presentes na zona agora denominada de Ministerium vão estar também a pizzaria/ geladaria Nosolo Italia e a Can the Can – de conservas gourmet, o Hot Dog Lovers, Banana Café, a Artisani e a Ginginha do Carmo onde vai ser possível experimentar várias bebidas, como licores, vinhos, bebidas espirituosas, refrescos de limão e de laranja, chá gelado, café, cappuccino e chocolate quente.

Já o Torreão Nascente vai receber um centro de interpretação dedicado à história da cidade, o Lisboa Story Centre, com inauguração prevista para fins de Setembro, princípio de Outubro e um teatro onde será projetado um filme em 4D, que pretende contar toda a história da cidade, das origens os nossos dias.

 

Por Elsa Furtado
 
 
 

Deixar uma resposta