Afinal, de onde vem o Pai Natal? Da Turquia …

Pai Natal, Papai Noel, Santa Claus, Père Noel… São muitos os nomes chamados a uma mesma figura que tem origem no século III D.C. em São Nicolau que, embora associado ao Pólo Norte e à neve, terá nascido num país banhado pelo Mediterrâneo – na zona da Turquia.

São Nicolau terá nascido em Patara, cidade da costa mediterrânica da Turquia, no ano de 245 D.C., tendo herdado do seu pai, ainda muito jovem, uma grande fortuna, que resolveu repartir com a população carenciada, especialmente para ajudar as crianças.

Aos 19 anos decidiu dedicar-se ao sacerdócio, até que chegou a Bispo de Mira (hoje chamada de Demre, na Turquia), a quem se atribuem milagres como salvar marinheiros prestes a morrer numa tempestade, ou a ressuscitar três crianças assassinadas.

São Nicolau é hoje considerado o santo protetor das crianças, dos marinheiros, professores, estudantes e comerciantes.

A sua fama de oferecer presentes surgiu de um gesto de bondade que teve quando um nobre da sua aldeia não tinha meios para garantir o dote às filhas, que assim, não tinham oportunidade de casar.

Uma certa noite, São Nicolau atirou pela janela do castelo em ruínas do nobre um saco cheio de ouro suficiente para a boda da primeira filha. Na noite seguinte, atirou outro saco para a segunda filho, mas, à terceira noite, a janela estava fechada, pelo que São Nicolau terá subido ao telhado para atirar o saco de ouro pela chaminé. Pela manhã, as filhas encontraram o ouro nas meias que tinham estendido ao lado da lareira, para secarem. E daí vem o costume de pendurar as meias na noite de Natal à espera da visita de São Nicolau.

Texto de Ângela Nobre

Deixar uma resposta