Actividades para ocupar as férias de Verão

As férias grandes estão mesmo à porta e o C&H deixa-lhe aqui algumas sugestões de onde deixar, como ocupar ou o que fazer com os seus mais pequenos.

O Oceanário de Lisboa preparou um workshop onde os miúdos vão poder vestir a pele de actor numa peça de teatro de verdade e passar uma semana entre camarins, aulas de canto, expressão corporal e ensaios de palco, na companhia do elenco e da equipa do musical infantil Careta, a Tartaruga que Defende o Planeta! É o programa Férias com “Cenas” de Teatro, a partir de 25 de junho. Para os mais pequenos, dos 4 aos 9 anos, o tema são os contos tradicionais infantis; os mais velhos, dos 10 aos 12 anos, terão mistérios bem ao estilo das séries policiais para deslindar.

Férias com “Cenas” de Teatro, de 25 de junho a 7 de setembro, das 8h30 às 18h30, com o preço de 200 euros/semana, para inscrições efetuadas até dia 15 de junho. Depois desta data o preço sobe para 210 euros/semana.

Está ainda disponivel  as Férias Debaixo de Água, de 25 de junho a 7 de setembro, das 8h30 às 18h30. Dos 4 aos 9 anos e dos 10 aos 12 anos. O preço é de 40 euros/dia, por participante;os pacotes de 4 dias são a 150 euros; os pacotes de 5 dias, 180 euros.  Para participar é necessário inscrição prévia. Todas as sextas podem ainda participar no Dormindo com os Tubarões nas Férias Debaixo de Água, para crianças a partir dos 6 anos. O bilhete custa 50 euros/por participante (exclusivo para os participantes das Férias Debaixo de Água).

O Museu Colecção Berardo criou duas atividades, Decompor o Olhar e Entre o que vejo e imagino, encontro o que quero fazer, cada uma com a duração de cinco dias, das 9h30 às 17h30, destinadas a crianças entre os 7 e os 12 anos e abertas a famílias e grupos.
 
Estas atividades oferecem a oportunidade de aprender a desenhar e pintar com o Art Academy, um curso de desenho e pintura virtual, disponível para a família de consolas Nintendo DS e Nintendo 3DS (em 2D). O custo de cada atividade é de 145 euros, com almoço incluído.
 
De 9 a 13 de julho e de 6 a 10 de agosto terá lugar a actividade Decompor o Olhar. Nesta actividade, e como quem olha e vê pela primeira vez uma obra de arte, os participantes vão construir pensamentos e raciocínios que os levarão a compor uma obra de arte. Graças à fotografia, ao desenho e à pintura, irão viajar entre o virtual e o real, entre a ideia e a concretização.
 
A segunda atividade proposta é Entre o que vejo e imagino, encontro o que quero fazer, de 27 e 31 de agosto. A construção de projetos e obras de arte nasce sempre num espaço entre a imaginação e a realidade. Nesta atividade os projetos nascem entre o que os participantes veem e aprendem ao visitar a Colecção Berardo e o que conseguem fazer com os materiais que estão na oficina. Ambas as atividades foram concebidas e orientadas pelos monitores pedagógicos do Museu Colecção Berardo, Marília Pascoal e Afonso Gil. Para participar nas actividades é necessário marcar com o Centro Educativo do Museu Colecção Berardo.
 
O Museu da Marioneta organiza nas férias de Verão Oficinas de Continuidade com a duração de uma semana, os participantes têm a oportunidade de elaborar um trabalho mais profundo, explorando as diferentes expressões que estão ligadas ao teatro de marionetas: a criação da história, a montagem de cenários, construção da marioneta e sua manipulação. De 19 a 22 de Junho, das 10h00 às 17h00 vão poder participar Em busca dos monstros perdidos. Em cada manhã vão ter a oportunidade de criar um ser imaginário a partir de diferentes técnicas de manipulação: marionetas de vara (1º dia), marionetas de sombra (2º dia),marionetas de fios (3º dia) e máscaras (4º dia). Indicado para crianças dos 6 aos 12 anos. É necessário marcação prévia.

De 3 a 6 de Julho acontece o Atelier Quatro dias, quatro espectáculos, a explorar um país chamado Indonésia, com uma longa tradição na arte das marionetas. Durante quatro dias vão conhecer quatro técnicas ancestrais de representação e aprender a contar histórias. A participação diária custa 25 euros, os quatro dias são 80 euros (não inclui almoço) e é necessário inscrição prévia. Indicado para crianças dos 6 aos 12 anos.

 

  O Museu do Oriente propõe um Atelier de Caligrafia Chinesa, de 2 a 4 Julho, 9 a 11 Julho, 16 a 18 Julho, com o formador Zhang Wei-Min, onde os miúdos vão aprender a desenhar os caracteres que unificam o mandarim, cantonês, xangainês, taiwanês, entre outros e aprender como se escreve em chinês. É necessária marcação até 25 de Junho (1ª sessão), 2 de Julho (2ª sessão) e 9 de Julho (3ª sessão). Das 10h00 às 12h30, para crianças dos 7 aos 12 anos. As três manhãs tem o custo de 60,00 euros. 

Para os apreciadores de b.d., em particular de Manga, o Museu do Oriente preparou um Workshop prático de criação de banda desenhada no estilo manga de 12 e 13 de Julho, 9 e 10 de Agosto ou 6 e 7 de Setembro. Os formadores (autores da revista manga Banzai) utilizam uma abordagem hands-on, e vão fornecer as bases para a prática do desenho manga e criação de páginas de banda desenhada. É necessária marcação até 5 de Julho (1ª sessão), 2 de Agosto (2ª sessão) e 30 de Agosto (3ª sessão). O horário no 1º dia é das 10h00 às 13h00, das 14h00 às 18h00; 2º Dia das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h30. Indicado  a partir dos 12 anos. O preço é de 60,00 euros/participante (almoço não incluído).     

 

 

 

O Atelier Era uma vez um mundo… ensina a história que, sendo de todos, não é de todos conhecida: a história do mundo em que habitamos. De 23 a 27 Julho ou 13 a 17 de Agosto. É necessária marcação até 16 de Julho (1º sessão), 6 de Agosto (2ª sessão). Indicado para crianças dos 7 aos 12 anos. Das 10h00 às 13h00 e 14h30 às 18h00. O preço é de 20,00 euros/dia; o almoço é opcional e tem o custo de 6,15 euros. Desconto de 30% na inscrição do segundo filho (oficina completa) e/ou desconto de 30% na inscrição em mais do que uma oficina (completa).

Texto de Clara Inácio

Deixar uma resposta