A Idade do Bronze em Portugal retratada num romance de Sofia Martinez

Baseado numa rigorosa pesquisa histórica, O Primeiro Alquimista, de Sofia Martinez, é um romance passado na aldeia da Fraga, situada no actual concelho de Macedo de Cavaleiros, no início da Idade do Bronze. 

Quando a jovem Breia recupera a consciência depara-se com Bran, o grande mestre fundidor da aldeia da Fraga, e Tor, o seu corajoso aprendiz. Estes calcorreavam o vale em busca do precioso minério, para forjar machados de bronze. Breia assusta-se ante os dois estranhos. Sentia ainda o cansaço e o medo de ter sido perseguida durante dias por dois homens que a ameaçavam com os seus machados. Sentia as dores no corpo de ter caído naquele abismo, de onde nunca imaginara poder sair. Mas, ao cruzar os seus olhos com os de Tor, Breia vê nele o seu porto de abrigo, o seu salvador.

O mestre fundidor decide adotar a jovem, que se recusa a dizer o seu nome e a revelar as suas origens, e leva-a para a sua pequena aldeia. Decide chamar-lhe Nan-tai e é com este novo nome que a jovem se adapta à sua nova vida.

No entanto, tudo se complica quando o povo do Norte vem à aldeia da Fraga para entregar Raina, a noiva de Binan, o filho do chefe da aldeia. O segredo de Breia seria finalmente descoberto.

O Primeiro Alquimista, de Sofia Martinez, Esfera dos Livros, com 224 páginas, à venda por 16 euros.

Deixar uma resposta