A homenagem à calçada Portuguesa por Luís Buchinho no arranque da ModaLisboa Freedom

O dia Internacional da Mulher foi o palco para o primeiro de quatro dias de desfiles da ModaLisboa Fredom, na Praça do Município, com a apresentação das coleções de Luís Buchinho, Lidija Kolovrat, White Tent e Saymyname. Numa edição dedicada à renovação, criatividade e dinamismo, a ModaLisboa Freedom conta com três passerelles (Paços do Concelho, espaço BPI na Praça do Município e Pátio da Galé) que pretendem criar espaços distintos adaptados ao público diferenciado, e onde os criadores de moda nacionais irão apresentar as suas propostas para o inverno de 2013.

Os desfiles tiveram início no espaço Lab com a coleção de Saymyname, que apresentou propostas inspiradas nos guerreiros nipónicos, onde as formas oversize fazem lembrar as armaduras dos Samorais e os tons acobreados e ocre dominam sobre o preto. A coleção para o próximo inverno conjuga ainda a leveza das malhas, nervuras e franjas, responsáveis por look mais descontraído e confortável, com tonalidades suaves que vão do cinza ao lavanda.

White Tent apresentou uma coleção para o quotidiano com uma linha desportiva onde é notório o domínio das malhas Jersey. Sobre o preto e diversos tons de cinza ganham destaque o azul-marinho, o rosa e o metalizado do cobre, com propostas que vivem das sobreposições e dos contrastes.

O terceiro desfile ficou a cargo de Lidija Kolovrat que jogou com os pormenores de elementos mais formais, como golas ou lapelas, reinventando-os e fazendo jus ao conceito do ModaLisboa Freedom, dando espaço à liberdade de ser diferente e único, explorando as formas que nos rodeiam.

A encerrar o primeiro dia, Luís Buchinho, um dos nomes mais aguardados, apresentou uma coleção inspirada nos padrões da tradicional calçada portuguesa. Conciliando materiais naturais e sintéticos, não esquecendo as malhas, conjugados com uma gama de cores que passa pelo preto e azuis fortes até aos tons de pedra e branco, as silhuetas percorrem a linha do corpo realçando as cinturas estreitas. Num jogo de formas geométricas, as suas propostas continuam a conferir à mulher o toque de sofisticação, elegância e feminilidade, que lhe é característico, mesmo quando combina sportsware com cortes da alfaiataria masculina.

Para além dos desfiles, este ano o ModaLisboa Freedom conta ainda com a apresentação das joias de Valentim Quaresma, o Meeting Seven, e com a 6ª edição da exposição de fotografia Workstation, patrocinada pela Canon. A exposição pode ser visitada nos Paços do Concelho até domingo, entre as 14H00 e as 22H00. A entrada é livre.

Texto de Vânia Marecos
Fotos de Sara Santos

Deixar uma resposta