A exposição A Arte do Previsível abre amanhã ao público na Cordoaria Nacional, em Lisboa

A Exposição coletiva de pintura A Arte do Previsível abre amanhã ao público na Galeria do Torreão Nascente, na Cordoaria Nacional em Lisboa.

Trata-se da primeira exposição coletiva de arte contemporânea do Chipre em Portugal, fazendo parte do programa cultural da Embaixada do Chipre no âmbito da Presidência da União Europeia que vai decorrer de julho a dezembro de 2012. Quem a visitar poderá deleitar-se com as obras dos célebres pintores Andreas Karayan, Constantinos Stefanou e Zenon Jepras. Eles retratam nos seus quadros as vidas diárias de pessoas comuns dando particular destaque à superação dos tempos difíceis que os europeus enfrentam atualmente.

A exposição é apresentada em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa e estará aberta ao público de 13 de setembro até 21 de outubro, de terça a sexta-feira das 10h00 às 18h00 e sábado e domingo das 14h00 às 18h00, encerrando à segunda-feira e dias feriados.

Texto de Joana Resende

Deixar uma resposta