A Cidade do Rock está quase pronta para receber mais uma edição do Rock in Rio Lisboa

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo apresentou ontem a Cidade do Rock, e a 2 dias do início do festival, o público pode ficar a conhecer todos os espaços, actividades, bandas e novidades que vai poder encontrar no Rock in Rio-Lisboa 2012.

É novamente o Parque da Bela Vista o local escolhido para receber estes dias de diversões da música, onde acessos, alimentação, segurança, saúde, luz, som e serviços de apoio foram pensados ao pormenor para proporcionar ao público momentos inesquecíveis, num espaço com qualidade e conforto que se quer em festa 12h por dia (com abertura às 16h00 e encerramento às 04h00).

Em conferência de imprensa liderada por Roberta Medina, foram dadas a conhecer as bandas que estarão presentes – num “cartaz muito eclético” e com “uma aposta muito forte” no Palco Mundo, não esquecendo “shows absolutamente memoráveis no Sunset” -, a reorganização do espaço e as novas actividades e infra-estruturas – como a Rock Street e o Street Dance -, e os serviços públicos, mencionando também questões de segurança e a preocupação com a saúde, lembrando-se Roberta Medina de apelar “Deixem os saltos em casa” (ao revelar que os entorces são uma das ocorrências que mais levam o público aos postos de saúde). A organização revelou que as vendas de bilhetes estão a corresponder às expectativas, e que o dia mais concorrido é o dia 26 com Linkin Park, Smashing Pumpkins, Limp Bizkit e Offspring, o qual Roberta Medina crê que irá esgotar.

Quanto ao serviço público, a Segurança está a cargo de diversas forças de intervenção (PSP, Prosegur, Proteção Civil, Bombeiros, etc.),  e existe um Plano de Saúde que conta com a participação de várias entidades (CML, Emerg, Amovida, etc.). Para comodidade do público, a organização disponibiliza o serviço de bengaleiro (com preços entre os 3 e 5 euros por dia) junto à rotunda da Bela Vista. Dentro da Cidade do Rock há várias opções de alimentação entre os bares oficiais dispersos pelo recinto que terão uma variada seleção de sandes frias ou quentes e diferentes tipos de snacks, os stands presentes na Rock Street, e ainda Burger Ranch, KFC e Telepizza, e as bebidas presentes serão a Pepsi, Heineken, Água Serra da Estrela, R Power e café Nicola.

A Área Radical é um dos espaços mais procurados pelo público e o Slide da Pepsi será seguramente uma das atrações mais concorridas, havendo também a Roda Gigante do Millennium BCP (com 27m de diâmetro e 30 cabines) e a Montanha Russa da Santa Casa (com 300m de comprimento e o seu ponto mais alto a 16m de altura, e com capacidade para 24 pessoas).

A Street Dance já deu que falar na baixa lisboeta (com uma demonstração no Largo de Camões), e trata-se de um novo espaço inspirado em Nova Iorque que pretende levar os diversos estilos de dança urbana à Cidade do Rock: Breakdancing, Hip-Hop, Funk Dance, entre outros. A dança invade assim o RIR com diversas animações para o público, das 16h30 às 23h30, protagonizadas por um DJ, um MC e uma dance crew residente, os Jukebox; as crews Da Scum, 12 Macacos com Liva Kingz, Legacy Crew, Escola Next e Next Level e Holmes Place vão competir durante o evento.

A Rock Street é uma rua cenográfica inspirada em Nova Orleães, com um ambiente alegre e divertido onde o público pode encontrar artistas do mundo do jazz e do blues, músicos, malabaristas, acrobatas, mágicos, homens estátua, cartomantes, caricaturistas e outras surpresas, e terá também lojas (Vodafone, Boticário, Lúcia Piloto, MultiOpticas, FNAC, Loewe, Multidados, MOP, Turismo de Espanha, DN) e restauração (Telepizza, Mister Pig, Portugália, Psicológico, FrutAlmeidas, Leitão no Pão, R Power, Melhor Bolo de Chocolate do Mundo). Os artistas presentes serão: Bruce Henri & Convidados, Melech Mechaya, Antwerp Gypsy-Ska Orkestra (dia 25), The Mingus Project, Nobody’s Bizness, TJ Johnson (dia 26), Bruce Henri & Convidados, Cristian Reyes, Lillian Boutté (dia 1), Jazz in Motown, Cais Sodré Funk Connection, Lillian Boutté (dia 2), Onda Jazz Jam Session, Rat Swinger, e Lillian Boutté (dia 3).

O Palco Sunset é dedicado a “encontros únicos ao pôr-do-sol” e funcionará entre as 16h00 e as 21h00 com a actuação de 37 artistas que irão proporcionar encontros repletos de improviso e surpresas. Dia 25 teremos Kreator+Andreas Kisser, Mão Morta+Pedro Laginha e Ramp+Teratron, dia 26 Xutos+Titãs, Mafalda Veiga+Marcelo Jeneci e Rita Redshoes+Moreno Veloso, dia 1 Boss AC&Zé Ricardo+Paula Lima+Shout, Orelha Negra+Hyldon+Kassin, The Black Mamba+Tiago Bettencourt e Orquestra Todos, dia 2 Luís Represas+João Gil+Jorge Palma, Amor Electro+Moska, Ana Free+The Monomes e Los Pericos, e dia 3 Rui Veloso+Erasmo Carlos, David Fonseca+Mallu Magalhães, Carminho+Pedro Luís e Tan Bionica.

O Palco Mundo irá apresentar 21 artistas nacionais e internacionais (entre as 19h00 e as 02h00), com grandes nomes para animar o público sedento de espectáculo: Metallica, Evanescence, Mastodon, Sepultura e Tambours du Bronx no dia 25, Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26, Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1, Stevie Wonder, Bryan Adams, Joss Stone e The Gift no dia 2, e Bruce Springsteen & The E Street Band, Xutos&Pontapés, James e Kaiser Chiefs no dia 3.

Pela Tenda Eletrónica Heineken vão passar alguns dos melhores nomes da música eletrónica a nível mundial e funcionará das 21h00 às 04h00 com: Chase and Status Dj Set & Rage, Dr Lektroluv, Life is a Loop, Leo Janeiro, Tha Lovely Bastards (Mad Mac e Nuno Lopes), Bis Boys Please, MC Johnny Def no dia 25, Azari & III, The Magician, Punks Jump Up, The Discotexas Band, Miguel Quintão, Mirror People (Rui Maia/X Wife), MC Johnny Def no dia 26, Jamie Jones, Maceo Plex, Dyed Soundorom, Kings of Swingers: Renato Rathier+Mau Mau, Magazino, José Belo+Zé Salvador, MC Johnny Def no dia 1, Masters at Work (Louie Vega & Kenny “Dope” Gonzales), The Martinez Brothers, Johnwaynes, Miguel Rendeiro, Dj Poppy, MC Johnny Def no dia 2, Dj Harvey, Dj Vibe, DOP Live, Dj Dixon, Stereo Addiction, e MC Johnny Def no dia 3.

O Projeto Social é um dos pilares fulcrais do RIR e em 11 anos foram encaminhados 11.853.354,43 euros para as causas apoiadas pelo evento. Nesta edição mantém-se a temática da sustentabilidade realçando a importância da cidadania activa, empreendedorismo e voluntariado para o desenvolvimento sustentável, através de iniciativas como a Gincana Rock in Rio. O RIR tem um Plano de Sustentabilidade que distribui pelos patrocinadores e fornecedores, e um concurso para apurar os parceiros mais sustentáveis, com um evento 100R tendo por objetivo aumentar a taxa de reutilização dos materiais e de reciclagem com acções para o público e parceiros. No final compensará a sua pegada carbónica, sendo um evento Carbono Zero ao contabilizar todas as emissões geradas, passando também pelo consumo de energia e geração de resíduos, compensando então as inevitáveis emissões em quantidade equivalente. A organização continua também a apostar na mobilidade sustentável pondo em prática campanhas de sensibilização para a utilização dos transportes públicos e outros meios de deslocação mais sustentáveis.

A Cidade do Rock ganha vida nesta 6ª feira, com muita animação para os dias 25 e 26 de Maio e 1, 2 e 3 de Junho, entre as 16h00 e as 04h00 no Parque da Bela Vista. O Rock in Rio-Lisboa 2012 vai apresentar cerca de 140 artistas, entre bandas, DJs, bailarinos e artistas de rua, e os bilhetes diários para usufruir de todos os espectáculos e diversões custam 61 euros.

Reportagem de Sara Peralta (texto e fotos)
 

Deixar uma resposta