A bordo do MSC Divina

O C&H subiu a bordo do mais recente elemento da MSC Cruzeiros, o MSC Divina e deixa-lhe aqui as novidades e as imagens. Lisboa foi o primeiro porto de escala do MSC Divina que atracou ontem em Santa Apolónia.

É o 12º navio da frota da MSC Cruzeiros, com 140 mil toneladas de arqueação bruta e capacidade para 4.345 passageiros. O navio partiu do estaleiro em Saint Nazaire, em França no sábado, com mais de 4.000 passageiros a bordo, convidados da companhia e imprensa. Em Santa Apolónia, o navio foi recebido num cenário dos anos 50, 60, inspirado em Sophia Loren, sua madrinha e deusa do cinema italiano, com um carro da época, vespas e uma banda.

As autoridades portuárias procederam à habitual troca de placas com o Comandante do navio, Giuliano Bossi, de 66 anos, natural de Cinque Terre, na região italiana de Liguria. É de acrescentar, como curiosidade, que este é a quarta embarcação da MSC que o capitão Giuliano Bossi tem a honra de inaugurar. O capitão é um amante de Portugal, onde aportou pela primeira vez, em 1966, a bordo de um cargueiro. Não deixou de fazer referência a Fernando Pessoa e repetiu a sua máxima ” Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena” e acrescentou “… em Lisboa a alma é grande”.

Eduardo Cabrita, Director Geral da MSC em Portugal, anunciou ainda a inauguração do 13º navio, o MSC Preciosa, em 2013 e  “espera que faça também a viagem inaugural com escala em Lisboa”.
Depois da escala em Lisboa, o MSC Divina fará escala em Cádis, Gibraltar, Valencia e finalmente Marselha, onde decorrerá a cerimónia de baptismo do navio, no dia 26 de Maio, com a presença de Sophia Loren. O navio  foi renomeado para MSC Divina, em honra de Sophia Loren, amiga da família do Presidente da MSC Gianluigi Aponte. Sophia Loren desenhou alguns dos pormenores e uma das suites do exclusivo Yatch Club tem o seu nome.

O MSC Divina conta com 1.751 camarotes, 25 elevadores e 30 mil metros quadrados de espaços públicos que incluem restaurantes, bares, um casino, quatro piscinas, uma pista de bowling, um simulador de Formula 1, um ginásio e o MSC Aurea Spa. Os 18 decks do navio, 14 dos quais para passageiros, têm o nome de Deuses da Grécia Antiga, em honra a Sophia Loren.

O novo navio da MSC Cruzeiros  representa um investimento de 575 milhões de euros e apresenta as características dos navios da mesma classe, MSC Splendida e MSC Fantasia, mas com algumas novidades. Entre as quais, a piscina “infinita” na popa , que permite aos passageiros uma visão abrangente sobre o mar. Conta ainda com mais dois elevadores e um novo design dos decks e restaurantes. Outra das novidades é  o barbeiro no Aurea Spa.

O MSC Divina vai entrar em operação neste Verão, com cruzeiros de 8 dias/7 noites no Mediterrâneo Oriental. Com partidas de Veneza, de 2 de Junho a 27 de Outubro, com escalas em Bari, Katakolon, Izmir, Istambul e Dubrovnik e  regresso  a Veneza.

O MSC Divina estará no Funchal a partir de Novembro de 2012, com a sua primeira escala no Funchal prevista para dia 20 de Novembro de 2012, seguindo depois  um calendário de 13 cruzeiros com saída e/ou chegada ao Funchal. Os cruzeiros de 12 dias/11 noites farão escala em Málaga, Civitavecchia, Génova, Barcelona, Casablanca e Santa Cruz de Tenerife. A passagem de ano deste ano contará com o MSC Divina, que fará um cruzeiro de 10 dias/9 noites com saída do Funchal a 23 de Dezembro e escala em Málaga, Civitavecchia, Génova e Barcelona, ficando no regresso ao largo do Funchal, no dia 1 de Janeiro, para os passageiros terem uma perspectiva única do fogo de artifício.

                      

Reportagem de Clara Inácio (texto e fotos)

Deixar uma resposta