Clássico De Shakespeare A Tempestade Estreia Hoje Em Cascais

O Teatro Experimental de Cascais (TEC) estreia hoje a peça de Shakespeare A Tempestade. José Raposo, Luiz Rizo, Renato Pino, Sérgio Silva e Teresa Côrte-Real são os protagonistas desta peça que vai estar em cena no Teatro Municipal Mirita Casimiro, no Monte Estoril.

A Tempestade, última peça escrita por Shakespeare, é uma história de “vingança, é uma história de amor, é uma história de conspirações oportunistas e é uma história que contrapõe a figura disforme, selvagem, pesada dos instintos animais que habitam o homem à figura etérea, incorpórea, espiritualizada de altas aspirações humanas, como o desejo de liberdade e a lealdade grata e servil”.

Uma Ilha é habitada por Próspero, Duque de Milão, mago de amplos poderes, e sua filha Miranda, que para lá foram levados à força, num ato de traição política. Próspero tem a seu serviço Caliban, um escravo em terra, homem adulto e disforme, e Ariel, o espírito servil e assexuado que pode se metamorfosear em ar, água ou fogo. Os poderes eruditos e mágicos de Próspero e Ariel combinam-se e, depois de criar um naufrágio, Próspero coloca na Ilha seus desafetos (no intuito de levá-los à insanidade mental) e um príncipe, noivo em potencial para a Ilha. Se o amor acontece entre os dois jovens, se a vingança de Próspero é bem-sucedida, se Caliban se modifica quando conhece os poderes inebriantes do vinho numa cena cômica com outros dois bêbados, tudo isso Shakespeare nos revela no enredo desta que por muitos é considerada sua obra-prima – uma história de dor e reconciliação.

Ao elenco profissional juntam-se ainda os alunos finalistas da Escola Profissional de Teatro de Cascais que irão assim apresentar a sua prova final de curso.

Encenada por Carlos Avilez, o texto foi traduzido por Fátima Vieira. Tem cenografia e figurinos de Fernando Alvarez, música original de Rui Rebelo, coreografia de Olga Roriz e dramaturgia de Miguel Graça.

A Tempestade pode ser vista até ao dia 4 de agosto, de terça a sábado, às 21h00 e aos domingos às 16h00. Os bilhetes encontram-se à venda nos locais habituais e no local e custam 10 euros.

Deixar uma resposta