“A Bela e o Paparazzo” encontra-se em rodagem e tem estreia marcada para 10 de Dezembro

Com estreia marcada para 10 de Dezembro, A Bela e o Paparazzo é o mais recente filme de António Pedro Vasconcelos, com produção de Tino Navarro – MGN Filmes, e que conta nos papéis principais com Soraia Chaves, Marco D’Almeida, Pedro Laginha, Maria João Falcão e Ivo Canelas.

Inspirado em factos reais e com um cariz bastante actual, A Bela e o Paparazzo é uma comédia romântica, cheia de ironias, num argumento da autoria de Tiago R. Santos e com distribuição a cargo da Zon/Lusomundo.

ci5

Soraia Chaves e Marco D’Almeida são os protagonistas desta história de amor, em que ela interpreta uma estrela de novelas – Mariana, que está saturada do mundo das revistas cor-de-rosa. Ele é um fotógrafo/ paparazzo – Pedro, contratado para a perseguir dia e noite. No dia em que ambos se conhecem, de forma fortuita, nasce uma relação amorosa na qual o fotógrafo terá que fazer todos os impossíveis para que Mariana não descubra a sua verdadeira identidade.

A Bela e o Paparazzo é um desafio para Marco d’Almeida, que se estreia no terreno da comédia, e para Soraia Chaves, que se apresenta com um novo visual, em que sobressai o cabelo louro platinado, e que surge aqui num registo diferente e menos erótico, depois de Call Girl, do mesmo realizador. Referência ainda para a participação de Nuno Markl, como actor.

ci11

As filmagens começaram a 6 de Junho, em Lisboa, e passaram pelo Cais-do-Sodré, Rossio, Bica e Bairro Alto. Actualmente em fase de pós-produção, tem estreia marcada para Dezembro, em Lisboa.

Sinopse:

Mariana, uma jovem vedeta da nossa televisão, está muito perto
de um colapso nervoso. As filmagens não estão a correr bem, a
sua popularidade na novela está a descer mas todos os passos da
sua vida privada continuam a ser matéria de capa das revistas
‘cor-de-rosa’. E há uma culpada por esta total ausência de
privacidade: Gabriela Santos, a mais temível paparazzo de Lisboa,
a pessoa que sabe sempre onde ela está e que consegue as fotos
mais comprometedoras.
Gabriela Santos é o nome artístico de João, o paparazzo que é
contratado para perseguir Mariana dia e noite, captando a sua vida
diária e fazendo dela uma presença habitual nas capas das revistas
sociais sem que a sua presença alguma vez seja detectada.
Até ao dia em que se conhecem de forma fortuita.
A partir desse momento, nasce uma relação amorosa na qual o
fotógrafo terá que fazer todos os impossíveis para que Mariana não
descubra a sua verdadeira identidade, ao mesmo tempo que tenta
lidar com a excentricidade dos dois amigos com quem partilha o
apartamento e com o facto de se ver agora como alvo das mesmas
revistas para as quais trabalha.
A BELA E O PAPARAZZO é uma comédia romântica e um olhar
irónico sobre o mundo cor-de-rosa onde as coisas nunca são o que
parecem e a única verdade é aquela que aparece publicada nas
capas das revistas.

Por Cristina Alves

Fotos cedidas por: Zon/Lusomundo

Deixar uma resposta